Como funciona o Prouni

O Prouni, Programa Universidade para Todos, é um programa do Ministério da Educação criado em 2005, com o objetivo de conceder bolsas de estudo parciais e integrais em escolas privadas de educação superior, em cursos sequenciais de formação específica e de graduação. Se você pretende ganhar uma bolsa de estudo através do programa, veja a seguir como funciona o Prouni.


Como funciona o Prouni

Para participar do Prouni é preciso fazer o ENEM, O Exame Nacional do Ensino Médio, já que a seleção é feita a partir das notas obtidas na prova. A inscrição deve ser feita por interessados que não possuam o diploma de nível superior. As condições para se obter a bolsa variam, sendo de 100% para os estudantes com renda bruta familiar de até 1,5 salário mínimo por indivíduo.

Para ser bolsista do Prouni o estudante precisa ter cursado o nível médio completo em uma escola da rede pública, ou ainda ter cursado o ensino médio completo em uma instituição de ensino da rede privada, com a condição de bolsista integral. Os alunos com deficiência também podem obter uma bolsa do Programa Universidade para Todos.

O processo seletivo de como funciona o prouni conta com duas fases, sendo o processo regular e o de ocupação das bolsas remanescentes. No regular pode se inscrever o estudante que tenha realizado a etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e que tenha conseguido ao menos 450 pontos na média das notas dos exames, além da nota acima de zero na prova de redação.

Já para concorrer na ocupação das bolsas remanescentes pode se candidatar o interessado que seja um professor da rede pública de ensino ou que tenha feito o Enem, a partir da fase de 2010, e que tenha obtido ao menos 450 pontos.

As inscrições para o Prouni podem ser feitas no site do programa. Acesse já o site e fique de olho no cronograma para não perder nenhum prazo do processo de seleção do Prouni! No site você pode obter mais informações de como funciona o Prouni.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comentários

Deixe um comentário